Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Campanha HIV

por vidanapenumbra, em 12.02.10

 MG:

Confesso que fiquei muito satisfeito quando hoje, ouvi na radio pela primeira vez, a nova campanha “se eu fosse seropositivo…”.
Trata-se uma campanha contra a discriminação em relação aos portadores do HIV. Várias personalidades da vida pública deram a cara por esta campanha.
Esta campanha, intitulada “Se eu fosse seropositivo…», expandiu-se, com grande sucesso, a quase todos os países. O grande desafio desta iniciativa é fazer com que o público em geral seja confrontado com a seguinte questão: "Como reagiria, se uma figura pública que reconhece e admira pelo seu trabalho, pelo seu talento ou pelo seu carisma, fosse seropositiva?"
 
Por isso, a SER+ e o GAT “desafiou" personalidades da vida pública portuguesa que, pela sua notoriedade, trabalho e carisma, podem contribuir para uma mudança de opinião nos outros, ajudando a romper com estigmas e preconceitos e, para o fortalecimento da mensagem de apoio e solidariedade às pessoas que vivem com esta infecção, reafirmando a ideia de que a sociedade em geral está a lutar por elas.
Com este projecto estamos a contribuir para dar maior dignidade a estas pessoas, que sentem que o silêncio é a melhor arma que possuem para lutar contra as injustiças que são vítimas se denunciarem a sua seropositividade.

Aqui fica o site da campanha para aceder: www.seeufosseseropositivo.com

 

MG

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:59


minuto de sabedoria

por vidanapenumbra, em 11.02.10

É através da dor que a vida nos ensina as mais sublimes lições. A estrada do bem está cheia de tropeços e dificuldades, mas é por ela que se chega aos campos floridos da felicidade.

MG

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:24


Reunião tensa

por vidanapenumbra, em 09.02.10

Hoje dei um grande passo (ironicamente claro), por vários motivos

1- Proteger o superior interesse da criança

2- Ser superior hierárquico não quer dizer "quero, posso e mando" ou então "a minha opinião é que conta"

3- Deitei as garras de fora, lutei contra opiniões que vão contra todos os meus princípios

4- Perdi o dinheiro extra dos fins de semana

5- Esmerei-me para ter brevemente uma carta de despedimento (LOL)

 

Eu passo a explicar…

No trabalho tem vindo a acontecer coisas que não são normais. Os jovens estão mais violentos com alguns elementos novos nas funções de educadores e estes respondem com violência física ou psicológica perante os jovens.

Pior que isto, só o nosso superior directo, achar normal e arranjar desculpas para a atitude menos profissional.

Considerando-me como uma pessoa com bom senso e valores morais correctos, obviamente que me saltou a tampa ao ouvir uma directora concordar com esta atitude, colocar o jovem de castigo (exagerado, mas que o tive de aplicar por ser uma ordem superior) e como se não fosse suficiente dizer-me que não tenho que questionar nada apenas fazer cumprir. Bem então ai "a tampa" saltou-me. Gerou-se uma discussão entre mim e a "chefa".

De tantos nervos que me estava a meter a fulana eu ia tendo uma coisa má; o coração saltava-me do peito com uma força atroz, até que explodi e "deitei tudo cá para fora", os restantes funcionários presentes na reunião olhavam para nós do tipo "Está tudo doido, mas estou a gostar"; na verdade muitos depois vieram ter comigo e dizer que tinha razão no que estava a dizer. Tenho pena que o apoio tenha vindo depois e não quando estava a ser discutido a vida futura de alguns jovens.

Não fiquei satisfeito mas deixei a minha opinião, a "chefa", também não ficou satisfeita e no final da reunião "foi-me ao bolso" disse-me que já não era necessário fazer os domingos que era onde retirava mais algum para o ordenado.

Resumindo, mais uma vez, para proteger os jovens...lixei-me. É lamentável que interesse apenas o final do mês e sem grandes chatices; assim como também é triste que concordem com o que estou a dizer na reunião, mas remeterem-se ao silencio.

VNP

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 16:50

Pág. 2/2



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D

subscrever feeds